terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Resenha Anjos e Demônios

Oi gente como andam as leituras?
Hoje trago um livro um pouco diferente do que temos lido por aqui...
Vamos de Dan Brown!!!

É o primeiro livro que li desse autor, e essa leitura é em conjunto com dois amigos, vamos ler os demais e lógico venho aqui comentar com vocês.
Fiz uma viagem para Roma sem sair do meu sofá, tudo devido a riqueza de detalhes e mesmo sendo tão detalhista, o que em alguns livros isso incomoda dando a impressão que o  autor esta fugindo da trama, em Anjos e Demônios isso não acontece, pelo contrário, só faz enaltecer a história. Durante vários momentos da história parei para pesquisar no “Tio Google” e tudo era real
Vamos conhecer Robert Lagdon, um professor de simbologia que irá receber um telefonema no meio da madrugada com uma proposta indecente... Investigar um assassinato!
A vitima foi Leonardo Vetra um físico, que tenta juntar seus dois amores: Deus e a Ciência...
A história vai girar em torno dessa morte. Por que e quem? Enquanto essas perguntas não são respondidas vamos nos envolver com uma “guerra” existente em nosso dias: Religião X Ciências...
“... sempre existiu uma brecha entre ciências e religião.” Página 36
O livro é bem criticado por tratar de um assunto polemico porem, não percebi em nenhum momento da leitura algo que justificasse tais criticas, ele não afirma nada, apenas mostra as duas caras da moeda... Devemos lembrar que é uma obra de ficção...
Mesmo sendo ficção o autor brinca com fatos reais ao envolver na história os “Iluminati” uma sociedade que realmente existiu e defendia seu amor pela ciência e nos leva para um passeio histórico ao passado e  dias de hoje.
“As vezes para encontrar a verdade, é preciso remover as montanhas.” Página 57
Sugiro que você deixe seus “pré-conceitos” de lado e embarque nessa viagem...
“Deus, dê-me forças para aceitar as coisas que não posso mudar”. Página. 147

Livro: Anjos e Demônios
Autor: Dan Brow
Editora Sextante
Páginas: 461
Avaliação do Blog: ✰✰✰✰✰✰

E você Tá Lendo?

Um comentário: